Ramsonware com um aumento significativo em 2023

Ramsonware com um aumento significativo em 2023

Ah, e aí vem o ransomware, galopando em seu cavalo de troia, de volta para o campo de batalha! Pelo jeito, ele teve um 2022 bastante pacífico, desfrutando de umas férias das extorsões. Mas, como um vilão de novela, voltou com força total em 2023.

A tranquilidade durou pouco tempo

Depois de uma mega operação global para silenciar esses cyber-desordeiros, parece que o efeito tranquilizante durou apenas um ano. Em 2022, as vítimas de ransomware conseguiram guardar mais dinheiro no bolso, com o número de ataques e pagamentos caindo significativamente. Mas ei, 2023 tá aí e o jogo virou. Os ataques voltaram a subir como foguete em dia de lançamento.

De acordo com o pessoal da Chainalysis, uma empresa especializada em seguir o rastro de criptomoedas, as vítimas já desembolsaram impressionantes $449.1 milhões em resgates nos primeiros seis meses deste ano. Se continuar nesse ritmo, vai parecer um leilão de arte moderna, podendo alcançar a bagatela de $898.6 milhões. Isso faria de 2023 o segundo ano mais lucrativo para esses cyber-valentões, perdendo apenas para 2021, quando eles conseguiram extorquir a quantia astronômica de $939.9 milhões.

Ataques mais sofisticados

E os cibercriminosos estão cada vez mais ousados. Recentemente, atacaram a Universidade de Manchester e tiveram a cara de pau de mandar um email diretamente para os estudantes. Eles afirmaram que roubaram sete terabytes de dados e ameaçaram publicar informações pessoais e pesquisas se a universidade não pagar. Parece roteiro de filme de suspense, mas é a realidade.

Aparentemente, a galera do ransomware decidiu inovar na maldade depois de um ano de “vacas magras”. O pessoal da Chainalysis acredita que diversos fatores contribuíram para a queda das atividades de ransomware em 2022, incluindo melhores medidas de proteção, a disponibilidade de ferramentas de descriptografia e até mesmo a invasão da Rússia na Ucrânia, que teria atrapalhado a rotina de vários grupos de ransomware.

A calmaria acabou de vez

Agora, em 2023, mesmo com todas as medidas de defesa e iniciativas governamentais, o ransomware voltou a aumentar. A Chainalysis acredita que a situação do conflito entre Rússia e Ucrânia pode estar influenciando esse aumento.

O futuro não parece muito promissor. Segundo Allan Liska, analista de segurança da Recorded Future, os grupos de ransomware que ainda estão na ativa estão ficando cada vez mais espertos e é difícil para as organizações se protegerem contra todos os possíveis pontos de entrada. E, para piorar, esses grupos estão aprendendo novas técnicas.

Para todos aqueles que esperavam que a maré estava virando contra os atores de ransomware, bem… parece que a onda voltou com tudo!